au pair

Alena e Tommaso: uma família multicultural de acolhimento

Por Felicia Na Nov 25, 2020
Uma família multicultural de acolhimento e suas 11 au pairs
Hoje vamos conhecer Alena e Tommaso, uma família multicultural de Nápoles, Itália, que escolheu o programa Au Pair como uma solução de cuidado para sua filha de 5 anos. Fizemos-lhes algumas perguntas sobre suas muitas experiências como uma família anfitriã. Continue lendo se você quiser saber mais sobre como hospedar uma Au Pair do exterior!
 
Vamos começar com algumas perguntas sobre sua família. Por que você queria/necessário hospedar uma Au Pair? 
Para nos ajudar a proporcionar uma educação católica para nossa filha, para desenvolver o inglês como língua materna e para nos ajudar em casa com as tarefas domésticas.

O gênero foi importante para você na pesquisa? Você preferia um certo gênero, ou teria acolhido um homem ou uma mulher como Au Pair? Por que não?
Sim, nós só queríamos meninas.

E quanto à língua? Foi um fator importante em sua busca?
Sim, foi. Procuramos apenas falantes nativos de inglês SEM sotaque.

Você já hospedou uma au pair antes?
Sim, 11 au pairs.

Você tinha algum medo e/ou dúvida antes de iniciar a experiência?
Nenhuma. Uma vez chegados, em um mês, sabemos se queremos que eles continuem ou não.

Como você se preparou para a estadia?
Com um quarto com banheiro privado.

Vamos aprofundar sua experiência como uma família anfitriã. Quais eram suas exigências como família anfitriã?
A fé católica, a inteligência, a disponibilidade e a responsabilidade.

Há quanto tempo você estava procurando uma candidata antes de encontrar a perfeita?
Um mês.

Quando começou sua estadia? Se começou nos últimos meses, como a situação do Coronavirus afetou sua vida familiar?
A estada começou em 29 de fevereiro. O Coronavirus não mudou nossos hábitos, exceto pelo fechamento das escolas. Mas nossa filha fala e estuda três idiomas, então as Au Pair continuaram fazendo o mesmo que as Au Pairs anteriores.

Qual é a nacionalidade da Au Pair? De onde ela vem?
Ela é australiana, mas vive na África do Sul.

Ela precisava de um visto para chegar ao país anfitrião? Foi fácil conseguir um?
Sim, um visto de Working Holiday. Foi difícil porque o consulado italiano na Cidade do Cabo (África do Sul) era muito ineficiente.

Como é a relação dela com sua filha? Ela aceitou sua presença imediatamente?
É ótimo. Minha filha ama nossa Au Pair e a aceitou imediatamente.

Como é sua relação com as Au Pair?
Excelente, como as outras seis que confirmamos após o primeiro mês. Se não estivermos convencidos, após um mês encerramos o acordo.

Como é um dia típico na vida das Au Pair? Quais são as tarefas dela?
Começa todas as tardes, das 15:00 às 19:30. As manhãs são livres.

Ela tem um dia de folga por semana, mas não aos domingos (a família inteira vai à missa e é considerada trabalho).

A partir das 15h00, ela começa com atividades lúdicas e de desenvolvimento infantil (programadas por nós na chegada da AuPair). Em intervalos mais ou menos regulares, ela interrompe as atividades para ensinar inglês, matemática e outros tópicos apropriados à idade.

De vez em quando ela ensina catecismo católico (principalmente ensinado pelo papai).

Ela ajuda com a cozinha e, durante a quarentena, também com a limpeza da casa.

Mudando de assunto... O programa Au Pair é culturalmente desafiador. O que você acha da língua estrangeira? Como foi a comunicação com sua Au Pair no início?
Todos nós somos falantes nativos de inglês. O pai também é italiano e francês e a mãe é russa.

O pai anfitrião fala inglês com a filha e a Au Pair, a mãe anfitriã fala russo com a filha e inglês com a Au Pair.

A Au Pair já se sentiu nostálgica ou solitária durante a estadia da Au Pair? Em caso afirmativo, o que você fez para ajudá-la?
Sim, no início. Ela é introvertida e não quis nos envolver muito, por isso respeitamos seu espaço.

Choque cultural: falando de hábitos e tradições, havia algo difícil ou estranho para lidar com o novo membro da Família?
Não, nós já tivemos uma dúzia de au pairs.

Havia algo que você não gostou da experiência?
Não. Esta Au Pair, como as outras 6 que ficaram, é uma excelente garota e nosso relacionamento foi muito bom.

Após contratar todas essas Au Pairs, ela se familiarizou com todos os aspectos do programa. Então, como você descreveria o processo de contratação?
Longo e enfadonho.

Que conselho você quer dar às futuras famílias anfitriãs?
Seja muito cuidadoso e invista muito tempo na seleção. É essencial ser honesto para evitar expectativas desajustadas. Se as expectativas corresponderem, a relação é excelente.

Se algumas áreas não tiverem sido discutidas, o problema inevitavelmente surgirá durante a estadia. É melhor ser muito claro durante a entrevista: idéias religiosas, política, hábitos, vícios, etc.

O que você gostaria de ter sido informado antes da estadia da Au Pair?
Nada, agora somos especialistas.

Qual foi o momento mais memorável que você viveu como uma família anfitriã?
As lágrimas pela partida e o retorno contínuo e repetido das Au Pairs para as férias ou simplesmente porque as Au Pairs sentiram nossa falta e de nossa filha.

São memoráveis os momentos em que, ao voltar para casa, eles nos procuravam para pedir conselhos sobre problemas muito, muito pessoais, para pedir ajuda (também financeira), para ajudar na escolha dos estudos.

Memorável é que 5 das Au Pairs decidiram mudar sua vida e seus programas de estudo após a experiência.

Memorável é o mais belo elogio recebido: "Eu gostaria de encontrar um marido como você, quero ser esposa e mãe como Alyona e quero uma família como a sua" escrito na carta de despedida, todo encharcado em lágrimas.

Uma última pergunta: você faria isso de novo?

Sim. Fazemos isso há 5 anos e continuaremos enquanto pudermos..
 
Um agradecimento especial a Alena, Tommaso e sua adorável filha. Você tem alguma pergunta para eles? Fique à vontade para deixar um comentário aqui embaixo!
Algumas reflexões...
Deixe uma resposta:
Junte-se à nossa comunidade
AuPair.com é social - visite nossas contas de mídias sociais, junte-se à nossa comunidade e receba as últimas atualizações do mundo das Au Pairs.
Assine nosso boletim:
Assinatura como:
Au pair
Host Family
Ao inscrever-se, você concorda em receber comunicações por parte de AuPair.com. Você pode retirar seu consentimento a qualquer momento.
Junte-se a nós
Você está ansioso para começar o programa Au Pair? AuPair.com irá ajudá-lo a encontrar a sua futura Au Pair / Família Anfitriã.
Registe-se connosco e saiba o que podemos fazer por si: