au pair

Au Pair nos EUA: tudo o que você precisa saber sobre o intercâmbio como Au Pair

Au Pair nos EUA
Você sabia que nos EUA o equivalente a cerca de 100 hectares de pizza são servidos todos os dias? Você gosta de Joquempô? Lá eles tem uma liga oficial do famoso Pedra-Papel-e-Tesoura.
 
Para ser uma Au Pair legalmente nos EUA você tem de se inscrever em uma agência reconhecida pelo governo americano, pois somente agências aprovadas podem te fornecer o J-1 Cultural Exchange Visitor Visa, ou seja, visto de intercâmbio cultural. Nossa agência associada nos EUA irá prestar suporte para você durante todo o processo. Eles arranjam acomodações para os candidatos há 15 anos e tem um escritório em São Francisco, Califórnia. 
 
Se você se registrou e criou um perfil na AuPair.com, nossa agência parceira irá rever o seu perfil para ver se você se qualifica para o programa. Só se acharem que podem encontrar uma família de acolhimento para si é que o irão contactar para se encontrarem consigo numa entrevista. Se a entrevista correr bem, pedir-lhe-ão que lhes envie vários documentos, tais como referências, um relatório médico e um registo criminal. Assim que tiverem todos os seus documentos, começarão a procurar uma família de acolhimento adequada para si. Se não quiser esperar, pode contactar directamente a agência - clique aqui.

Au Pair nos EUA sem agência

Em primeiro lugar, você não pode tornar-se candidata(o) nos EUA com um visto de turista ou trabalhar como Au Pair por 3 meses com o ESTA, Sistema eletrônico para autorização de viagens, assim, se uma Família tentar te levar para os EUA sem uma agência autorizada, eles estarão fazendo isso ilegalmente. Nós recomendamos que todos os interessados cumpram os requisitos oficiais.

Intercâmbio Au Pair nos EUA - quais os requisitos?

Para ser Au Pair nos EUA, você precisa preencher estes requisitos:
  • Ter entre 18 e 26 anos;
  • Ser capaz de conversar em inglês;
  • Ter diploma do ensino médio ou superior;
  • Não ter antecedentes criminais;
  • Comprovar pelo menos 200 horas de trabalho com crianças que não sejam da sua família;
  • Ter carta de motorista, de preferência com experiência de condução;
  • Não ser casada(o) e não ter filhos.
Você preenche todos os requisitos?
 
Se sim, logo poderá ser Au Pair nos EUA!
 

Beneficios de ser Au Pair nos EUA

Ser Au Pair nos EUA será uma grande aventura em sua vida e que trará benefícios a longo prazo, pois te ajudará a se tornar mais independente e autoconfiante, assim como te dará a chance de aperfeiçoar seu inglês e habilidades de comunicação. A experiência é importante para seu futuro educacional e impulsionará seus planos de carreira, visto que intercâmbios são de grande valor para universidades e futuros empregos. Outros prós do programa incluem:
  • Viajar para os EUA
  • Curso de 3 dias na escola de Au Pairs em São Francisco
  • Ajuda local e ajuda de emergência 24 horas por dia, todos os dias do ano
  • Mesada de $195.75 por semana ($783 por mês)
  • Você ajudará no máximo 45 horas por semana e não mais que 10 horas por dia
  • Seguro saúde americano por um ano
  • Receberá treinamento no cuidado com crianças e requisitos de segurança
  • Ajuda extra de $500 dólares americanos para frequentar um curso de idiomas ou outro curso relacionado ao intercâmbio como Au Pair  
  • Possibilidade de viajar pelos EUA no 13º mês
  • Encontros mensais com outras Au Pairs
Aqui você poderá encontrar uma Família anfitriã. Preencha corretamente os seus critérios de busca e entre em contato hoje mesmo.



Regulamentos e requisitos para Au Pairs nos EUA
Regulamentos e requisitos para Au Pairs nos EUA Pesquisa »
Au Pair nos EUA: salário e horas de serviço
Au Pair nos EUA: salário e horas de serviço Pesquisa »
Contrato e seguro para Au Pair nos EUA – Para uma estadia segura!
Contrato e seguro para Au Pair nos EUA – Para uma estadia segura! Pesquisa »
Requerimento de visto de Au Pair nos EUA e como se candidatar
Requerimento de visto de Au Pair nos EUA e como se candidatar Pesquisa »
Au Pair nos EUA: os lugares mais interesantes para visitar
Au Pair nos EUA: os lugares mais interesantes para visitar Pesquisa »