au pair

Au Pair em Portugal: Visita guiada

lugares a visitar em portugal
Viajar é uma das melhores oportunidades que a estadia de Au Pair lhe oferece.
 
Durante sua estadia em Portugal, independentemente de onde sua Família Anfitriã estiver, viajar e visitar seus maravilhosos lugares não será difícil.
 
Portugal está localizado na parte ocidental da Península Ibérica. Faz fronteira com a Espanha e o Oceano Atlântico e, embora bastante pequeno, é um país de muitos recursos e com muitos lugares para visitar que lhe deixarão sem fôlego!
 
Além disso, viajar para este país é realmente fácil e barato. Durante sua estadia como Au Pair você pode escolher entre muitas opções de viagem de acordo com seu destino e suas preferências, tais como companhias de compartilhamento de carros, viagens de ônibus, em trem ou em avião!
Não há nenhuma justificativa: se você é uma Au Pair em Portugal, viajar é uma obrigação!

Lisboa

Become an Au Pair in Melbourne
Lisboa
Vamos começar por Lisboa! É a capital e a cidade mais famosa de Portugal, e é também a maior e a mais internacional.
É a combinação perfeita entre o Portugal antigo e autêntico, e o novo: um destino vibrante e colorido que recentemente se tornou uma das melhores cidades para se viver como um expatriado. 

A capital é também a cidade que deu origem ao Fado: o gênero musical (patrimônio da UNESCO) que representa a história e a cultura portuguesa no mundo. Andando pelas ruas de Alfama, o bairro mais antigo de Lisboa, ainda se pode ouvir o fado original. Além disso, não é difícil encontrar graffitis e pinturas que retratam ela: Amália Rodrigues, a indiscutível rainha do fado!
Se você é uma Au Pair em Lisboa, ou se está apenas passando um fim de semana lá, outro bairro onde fazer uma visita é uma obrigação é Belém. A Torre de Belém é provavelmente o monumento mais cativante da cidade. Foi construída entre 1514 e 1520, e seu propósito mudou em vários momentos. Está localizada perto do Mosteiro dos Jerónimos: um edifício religioso e deslumbrante dentro do qual se encontra a tumba de Vasco de Gama, um explorador português e o primeiro europeu a chegar à Índia por mar. 

Uma ótima maneira de visitar a cidade, tanto para economizar tempo quanto para não ter que enfrentar as inúmeras subidas a pé, é pegar o famoso Elétrico 28. Lisboa é conhecida por seus característicos elétricos (bondes) amarelos. O número 28, no entanto, é o mais famoso porque atravessa quase toda a cidade, passando por Graça, Alfama, Baixa e Estrela: todos lugares que vale a pena visitar.
Outros lugares imperdíveis são:
  • o Castelo de São Jorge: uma pequena fortaleza construída pelos visigodos, modificada e ampliada pelos mouros e completamente restaurada em 1938
  • Praça do Comércio, a praça mais importante de Lisboa: considerada a "porta" da cidade desde se abre para o rio Tejo.
  • o Elevador de Santa Justa: o elevador mais famoso, situado no centro histórico de Lisboa. 
Outro símbolo icônico desta bela cidade é a ponte 25 de abril: a ponte suspensa mais longa da Europa, que liga a capital à Margem Sul. Deste lado, é possível visitar o Santuário de Cristo Rei.
Finalmente, como poderíamos não mencionar Chiado e Bairro Alto: dois bairros icônicos. O primeiro é um bairro elegante e boêmio freqüentemente comparado ao bairro de Montmartre, em Paris. O segundo é o bairro "que não dorme": cheio de restaurantes e pequenos lugares onde se pode jantar enquanto se escuta o fado, e cheio de gente desde as 23h até as primeiras horas da manhã.

Sintra e Cabo da Roca

Become an Au Pair in Melbourne
Palácio Nacional da Pena

Não muito longe da capital, a bela cidade de Sintra traz a cada turista um ambiente quase de conto de fadas.
A cidade de Sintra é conhecida por seu colorido Palácio Nacional da Pena, um dos mais finos palácios da Europa, e a Quinta da Regaleira, uma extravagante vila do século XIX.
Se as alturas e as longas caminhadas não te assustam, tem absolutamente que visitar o Castelo dos Mouros, uma fortaleza estratégica que foi construída para ter controle sobre toda a área.
Uma vez em Sintra, é possível tomar um ônibus para Cabo da Roca: uma encosta selvagem e acidentada que marca o ponto mais ocidental da Europa. A vista deste penhasco é simplesmente sensacional, é impossível não ficar sem fôlego em um lugar tão único e intocado.
 

Porto

Become an Au Pair in Melbourne
Porto
A segunda cidade mais conhecida em Portugal é Porto.
Está localizada na parte norte do país e é conhecida pelo famoso vinho que leva seu nome da própria cidade.
Na margem sul do Douro - em Vila Nova de Gaia - é possível visitar as caves e degustar o Vinho do Porto original, bem no local onde ele é produzido.
Antes de iniciar a degustação, é aconselhável visitar a cidade que, embora pequena, tem muito a oferecer. O Cais da Ribeira, zona ribeirinha do Porto, é sempre caótico, mas representa perfeitamente o espírito desta cidade colorida e pitoresca. Além disso, há muitos restaurantes e bares em cada esquina e dar um passeio na beira do rio é obrigatório. Deste local, há uma vista perfeita da icônica Ponte Luís I: um símbolo industrial do Porto construído em 1886. 
A medieval Muralha Fernandina parte da Ponte Luís I e corre quase paralelamente ao funicular. A vista do Douro aqui em cima é imbatível.
O rio é o protagonista indiscutível desta cidade, então por que não fazer um cruzeiro? Os passeios no rio Douro são uma maneira única de visitar esta cidade e apreciar ainda mais a bela atmosfera. Durante a viagem é possível até mesmo ver a Ponte Maria Pia, construída em 1896 por Gustave Eiffel.
Finalmente, é impossível não mencionar a bela Livraria Lello: uma livraria encantadora na Rua das Carmelitas. O edifício remonta a 1906, mas o negócio atual é muito mais antigo.
O ponto forte da biblioteca é sua sinuosa escadaria de madeira, que inspirou a escritora inglesa J.K. Rowling que viveu na cidade por um tempo.

Braga, Coimbra e Évora

Become an Au Pair in Melbourne
Braga, Coimbra e Évora
Em Portugal existem muitas cidades menores que merecem a atenção dos turistas. Uma delas é Braga, uma cidade localizada não muito longe do Porto. É uma das cidades mais antigas de Portugal e foi também uma sede antiga do poder religioso, por esta razão há várias igrejas entre as quais se destaca a catedral.
Outra cidade que realmente vale a pena visitar é Coimbra. A cidade teve um papel importante na história de Portugal: é a antiga capital do país e abriga a Universidade mais antiga de Portugal, e uma das mais antigas da Europa. A bela Universidade é patrimônio da humanidade e está localizada no alto de uma colina no meio da cidade, exatamente onde os primeiros reis de Portugal haviam residido séculos antes. Sugiro visitar a cidade durante a popular Queima das Fitas: uma cerimônia universitária que acontece em maio.  A importância da Universidade pode ser vista em toda parte da cidade.
Por fim, outra cidade que vale a pena mencionar é Évora: uma cidade atemporal no Alentejo impregnada de herança romana e medieval. Em Évora foi construída a segunda universidade mais antiga do país. Também é possível visitar um antigo Fórum Romano, e vale a pena visitar sua Catedral, além de seu centro histórico. 

Algarve

Become an Au Pair in Melbourne
Algarve
Para os amantes da praia, Portugal é o paraíso. Com vista para o mar, você pode encontrar belas praias praticamente em qualquer lugar, mas é no sul do país que o mar é verdadeiramente paradisíaco e imaculado. A região do Algarve é caracterizada por um clima suave temperado pelo Atlântico e praias de areia suave, e uma das melhores atividades que oferece é a Observação de Golfinhos.
A Ponta da Piedade é o promontório ao sul de Lagos e é um dos destinos de férias favoritos da Europa. Sagres é outra área maravilhosa, perfeita para passar o tempo relaxando e desfrutando do sol e do som do mar. O Cabo São Vicente - um cabo em Sagres - é o ponto mais sudoeste da Europa e cenário de muitas batalhas navais que ocorreram ao longo da história.
Finalmente, um ponto que você não deve perder ao visitar esta região é Algar Seco, localizado em Carvoeiro. Aqui o oceano erodiu as falésias e formou pequenos buracos. 

Madeira

Become an Au Pair in Melbourne
Ponta de São Lourenço

Heróis do mar, nobre povo, nação valente, imortal”: estas são as primeiras palavras do hino nacional português. A história e a cultura de Portugal está profundamente ligada ao mar. Os portugueses estiveram entre os primeiros exploradores a chegar à África, e em 1419 - durante uma missão exploratória - descobriram o arquipélago da Madeira, que está localizado a 520 km da costa africana e a 1.000 km do continente europeu. 
 
A geografia do arquipélago é surpreendente: suas paisagens naturais são fáceis de descobrir em estradas de montanha ou através de canais históricos de irrigação conhecidos como "levadas".
Também é possível visitar muitos jardins botânicos com um sortimento de plantas extremamente variado.
Uma experiência surpreendente a não perder é o teleférico do Funchal: um moderno sistema de teleféricos localizado na capital que segue a rota de uma antiga linha ferroviária a vapor.

Azores

Become an Au Pair in Melbourne
Ilha de São Miguel
Por último, mas não menos importante, sugiro a todos os que têm a oportunidade de visitar o arquipélago dos Açores. É composto por nove ilhas vulcânicas e está localizado no meio do Oceano Atlântico do Norte, cerca de 1.400 km a oeste de Lisboa. 
A ilha principal, a Ilha de São Miguel, oferece tudo o que um turista aventureiro poderia desejar: lugares para fazer caminhadas e onde caminhar tranquilamente, mas também onde relaxar e esquecer sua vida antes de ir de férias. 
O primeiro lugar a ser visitado na maior ilha açoriana é a Lagoa das Sete Cidades: aqui dois belos lagos gêmeos são cercados pela vegetação mais verde que você poderia imaginar e protegidos por uma enorme cratera vulcânica que se eleva como baluartes. Também na Ilha de São Miguel está outro estupendo lago de cratera e um dos maiores corpos de água da região: a Lagoa do Fogo. Sendo uma área vulcânica, esta ilha é famosa por suas águas termais: em Poça da Dona Beija é possível desfrutar de um banho de 40°. Não importa como está o tempo, uma vez lá você não poderá se lembrar como é mergulhar em água mais fria!